quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

10 Mandamentos do Controlo do Tabagismo

Na prevenção dos acidentes cardiovasculares
Seja diferente previna o acidente

O tabaco representa, por si só, a maior causa de morte prematura e doença na União Europeia.
Não admira assim que a sua prevenção, a procura de espaços livres sem fumo e o incentivo à completa cessação tabágica sejam objectivos de saúde da mais alta importância, também no âmbito cardiovascular.
O inquérito Eurobarómetro sobre Tabaco mostrou que as políticas " de prevenção e controlo do tabagismo" têm cada vez mais apoiantes na Europa:
84 % são favoráveis à interdição do tabaco em escritórios e noutros locais de trabalho fechados;
77 % defendem esta interdição em restaurantes e
61 % em cafés e bares.

Colabore activamente para se libertar do tabaco e para assegurar um ambiente livre de fumo para si e seus familiares, amigos e colaboradores.
  1. Estime o seu coração, os seus vasos sanguíneos, o seu pulmão e o seu cérebro. Eles são os únicos!
  2. Não insista em alcatroar o sistema cardiovascular e as suas vias respiratórias, porque eles funcionam muito melhor "ao natural"
  3. O exercício físico regular demonstra-lhe a evidência de um melhor funcionamento do seu organismo ao ar puro e sempre que se encontra livre de fumo e poluição. Acredita nesta demonstração da natureza! Opte por uma actividade física saudável!
  4. O cheiro do tabaco impregna o ambiente do fumador. Os utensílios e móveis impregnados de tabaco transmitem mal- estar e doença. Livre-se desse fumo em terceira mão.
  5. As crianças e os demais agentes passivos de tabaco são vítimas do fumo ambiente. Não fume em casa, na viatura ou no bar. As pessoas que o rodeiam e que o amam e servem não merecem ser assim maltratadas.
  6. A grávida fumadora, ou exposta ao fumo de tabaco, prejudica a esperança de vida do seu bebé e aumento os seus riscos à nascença e na infância.
  7. O fumo do tabaco não acalma nem melhora o controlo do sistema nervoso. Só ilude o fumador com os seus efeitos narcóticos transitórios e variáveis.
  8. O consumo do tabaco pode não parecer prejudicar a saúde, mas consome as defesas do organismo e determina a sua exaustão precoce.
  9. O tabaco é um narcótico forte - se não fuma não experimente; se fuma deixe de fumar agora.
  10. A indústria tabaqueira alimenta-se do consumo dos fumadores e da sua saúde. Não seja instrumento do seu lucro.
A prevenção dos riscos cardiovasculares baseia-se na divulgação e promoção de uma vida saudável e de bons hábitos de saúde.
Não fume e não deixe que o seu ambiente seja poluído com tabaco.
As áreas livres de fumo salvam vidas.

Fonte: Fundação portuguesa de cardiologia

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
X

Tratar Saúde

Receba no seu e-mail dicas de saúde

Subscreva a newsletter gratuita.





Pesquisa personalizada