domingo, 21 de outubro de 2012

Gravidez e exames médicos


Um acompanhamento regular por parte do seu médico ou de uma enfermeira de obstetrícia durante a gravidez é importante para garantir tanto a saúde da grávida como a do seu bébe.
Quaisquer problemas que eventualmente possam surgir serão assim reconhecidos e solucionados a tempo.
É aconselhável consultar o médico tão cedo quando possível, de preferência logo após notar a falta da menstruação, sobretudo se tiver problemas se necessitam de um tratamento contínuo, por exemplo diabetes ou epilepsia ou possivelmente até uma doença do sangue anemia falciforme.

Se pretende e puder planear a gravidez com antecedência, o ideal será procurar o concelho de um médico antes mesmo da concepção. Se teve problemas em gravidezes anteriores ou se tem um filho com alguma deficiência grave, o seu médico decidir encaminhá-la para um especialista.

Todas as mulheres têm direito a vigilância gratuita de saúde, no centro de saúde, e no hospital quando se tratar de uma gravidez de risco.
Dez consultas são o número aconselhável que se espera de uma mãe responsável, pois só assim poderá o médico ou enfermeira de obstetrícia acompanhar o desenrolar da gravidez com rigor.

A primeira consulta o médico começará por fazer um exame para confirmar a gravidez. O médico irá saber se tem outros sintomas, tais como dores nas mamas e necessidade de urinar mais frequente.Far-lhe-á também perguntas sobre a sua saúde em geral, irá querer saber das doenças que teve no passado e que possa ter no momento.
Quererá também saber quais os medicamentos que presentemente anda a tomar.
Se já antes esteve grávida, deverá facultar toda a informação sobre a gravidez e exames pré-natais anteriores. O exame físico compreende análises ao sangue e à urina, medição da tensão arterial, pesagem e medição da altura, bem como um exame do abdómen, da pele, do coração, dos pulmões e das mamas. Um exame ginecológico confirma as transformações no colo do útero e no útero originadas pela gravidez e permite determinar com quantas semanas de gravidez se encontra. A par da determinação do grupo sanguíneo e do factor Rhesus no início da gravidez, são também feitos testes para despiste de determinadas infeções, p.ex. rubéola ou toxoplasmose.(uma doença infecciosa transmitida por animais e pode revelar-se perigosa para o seu bebé).

Estes são os procedimentos de rotina dos exames de prevenção:

  • Análises ao sangue regulares. Entre outras coisas é controlada a quantidade de hemoglobina (pigmento que transporta oxigénio e que  dá ao sangue o seu aspecto avermelhado), com vista a detetar uma eventual anemia, algo que ocorre com frequência durante a gravidez. Nesse caso, o seu médico prescrever-lhe-á comprimidos de ferro.
  • A tensão arterial é medida.
  • Um teste à urina revela os teores de açucares e de proteínas, para além de fornecer dados sobre o funcionamento dos rins.
  • Será feito um exame pélvico para confirmar se o tamanho do útero corresponde à fase da gravidez em que se encontra e se o colo do útero se mantém fechado.
  • Oscultação dos batimentos cardíacos do bebé são normais
  • Palpação do abdómen para determinar a posição e o tamanho do bebé.
  • Exames às pernas para detetar a presença de varizes e inchaços
Fonte: O guia da gravidez, Felicitas

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
X

Tratar Saúde

Receba no seu e-mail dicas de saúde

Subscreva a newsletter gratuita.





Pesquisa personalizada