quinta-feira, 5 de abril de 2012

Dores menstruais ou dismenorreia

Trata-se de um período menstrual muito doloroso, as dores localizam -se na região inferior do abdómen.
A dismenorreia poderá ser primária ou secundária
Designa-se por dimenorreia primária, se o período doloroso começa no espaço de três anos após a primeira menstruação.
Deve-se a fenómenos naturais, fisiológicos associados a menstruação, não há qualquer doença subjacente.
A dismenorreia primária é mais comum em mulheres jovens. Pode aparecer desde a primeira menstruação (menarca) e diminuir normalmente com a idade.
A dismenorreia secundária pode aparecer em qualquer período da vida da mulher em idade fértil, poderá estar associada a problemas do foro ginecológico como por exemplo endometriose ou fibromiomas.

Qual é a causa das dores menstruais?
As mulheres todos os meses estão sujeitas a um ciclo hormonal, assim a hormona FSH (hormona estimulante dos folículos) provoca o amadurecimento do óvulo e posteriormente LH (hormona leiteizante) a sua libertação no útero. No útero na parte interna do útero chamada de endométrio, aumenta de espessura e reveste-se de uma rede de vasos sanguíneos. Este é o local onde o ovo (resultante da fecundação do óvulo pelo espermatozoide) se irá implantar e se desenvolver na fase da gravidez.
Quando não há fecundação, os níveis hormonais baixam e o revestimento interno do útero, morre, descama e é eliminado através da vagina (menstruação).
Quando a camada interna do útero (endométrio) descama, a rutura de tecidos provoca a libertação de prostaglandinas que são substâncias que provocam contrações nos músculos do útero.
Quando essas contrações são dolorosas é chamada de dismenorreia.

Sintomas:
Os principais sintomas são dores na região abdominal inferior que poderão irradiar para a parte superior das coxas e para as costas.
Este tipo de dores surgem no dia anterior ou no primeiro dia do período menstrual e prolongam-se por dois ou três dias desaparecendo gradualmente.
Podem estar associados a outros sintomas como náuseas, vómitos, dores de cabeça e fluxo menstrual muito abundante.

Quando devo ir ao médico?
Deve ir ao médico quando não tolera as dores, quando os analgésicos tomados em quantidades moderadas não abrandarem as dores
Se precisa de ficar de cama um dia por mês no mínimo.
Deve ir ao médico quando estas dores afetam a sua rotina diária, familiar e profissional.

Tratamento da dismenorreia
O tratamento da dismenorreia primária destina-se a aliviar as dores.
Os analgésicos precisam de ser tomados apenas quando há dores e durante os três primeiros dias da menstruação.
Poderão ser usados analgésicos como o Paracetamol-500 a 1000 mg, três vezes ao dia, ou então anti-inflamatórios como o Ibuprofeno 200-400 mg, três vezes ao dia, após as refeições.
Por indicação médica poderá ainda tomar uma pílula para o controlo da dor e regular o período menstrual.
Em complemento ao tratamento farmacológico, para aliviar dores menstruais, poderá aplicar-se sacos de água quente na barriga, massajar a barriga para descontrair os músculos, praticar exercício físico, banhos quentes e repouso na cama.
Todos estes procedimentos contribuem para um certo conforto ou até mesmo para diminuir as dores.
Na dismenorreia secundária deve ser vigiada pelo o seu médico assistente ou ginecologista.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
X

Tratar Saúde

Receba no seu e-mail dicas de saúde

Subscreva a newsletter gratuita.





Pesquisa personalizada